quinta-feira, 11 de abril de 2013

A Microfisioterapia e a auto-reparação


>






Reagir de forma positiva ou negativa a situações do dia-a-dia, depende da sua percepção. Essa por sua vez depende da idade, cultura, sexo, polaridade cerebral, aprendizado, ambiente, ciclo de vida, etc.

Por exemplo, quando nossa mente tem uma crença que entra em conflito com o que estamos vivenciando no momento, o resultado do conflito poderá ser o aparecimento de alguma disfunção emocional ou física.

Estas desordens ativam o eixo hipotálamo-ptuitário-adrenal que é responsável por nosso padrões alimentares, imunidade, sono e reprodução, além do tipo de sentimento e de sensação que é despertado no momento do conflito. Ou seja, problemas de relacionamento, frustrações, rejeição de si e tantos problemas de ordem emocional que estamos acostumados a ver, pode dificultar o funcionamento desse eixo HPA gerando sinais e sintomas físicos.

Portanto é essencial que nossos neurotransmissores, hormônios, aminoácidos, proteínas e tudo que temos de bem pequeno dentro do nosso corpo estejam em harmonia, para que se mobilizem de maneira livre para nos ajudar sempre que precisarmos.

A MICROFISIOTERAPIA oferece uma nova chance ao paciente de fazer "ele mesmo" o trabalho inacabado, unicamente lembrando o corpo da presença de um agressor, fazendo com que o sistema de defesa do organismo reaja e promova a cura.

Você conhece o nosso Drive Virtual de Conteúdo? Clique aqui e conheça!

Comente:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comment

facebook

Outros Posts de Terapia Manual


Receba no seu Email:

Todos os posts deste blog