sexta-feira, 18 de julho de 2014

As Terapias Manuais e a Fisioterapia


>




http://4.bp.blogspot.com/-e12w5YYnAXc/T9lISQlMQ3I/AAAAAAAAAYU/_FmAp7uEOf8/s1600/terapia+manual.jpg

As diversas técnicas de terapia manual atuam em reverter ou minimizar tais compensações, buscando a cura completa do paciente.

Mas não basta o conhecimento da técnica correta se não há critério correto sobre em qual ocasião aplicá-la. Surge, neste contexto, a importância da avaliação físico-funcional criteriosa, visando o todo do paciente, buscando-se compensações locais e à distância, disfunções locais e globais.

Já conhece o Faça Fisioterapia?

Leia o blog sobre Terapia Manual

Uma boa conduta fisioterápica empregando técnicas de Terapia Manual dependerá necessariamente de uma boa e bem fundamentada avaliação.

Dentre as técnicas e métodos que fazem parte do protocolo de tratamento de Terapia Manual, estão:

•O conceituado RPG ou Reeducação Postural Global, cujo princípio básico consiste em buscar o equilíbrio entre cadeias musculares e é indicado para transtornos ortopédicos como as tendinites, bursites, LER/DORT, desvios posturais, fasceíte plantar, Síndrome do Túnel do Carpo, hérnia de disco, lombociatalgia, cervicobraquialgia, dentre outras;

•A Quiropraxia, que tem por base a busca pelo reequilíbrio osteoarticular através de ajustes realizados pelo Fisioterapeuta. É uma técnica totalmente segura se aplicada por profissional qualificado, sendo que a Clínica São Francisco – Qualidade de Vida e Saú~e conta com o único Fisioterapeuta Especialista em Quiropraxia do Estadq;

•O Método Maitland, método de avaliação e tratamento criado pelo Fisiotepeuta australiano Geoff Maitland e difundido em todo mundo, devido à sua eficácia no tratamento de disfunções articulares tanto da coluna vertebral quanto do esqueleto apendicular. As técnicas de tratamento podem ser graduadas de àcordo com o estágio da patologia, o que torna a manipulação muito confortável para os pacientes que sofrem de problemas na coluna vertebral ou nos membros;

•O conceito Mulligan de terapia manual, cuja a aplicação clínica de /IMobilização com Movimento/l envolve a combinação de uma mobilização articular acessória associada ao movimento fisiológico ativo. É um método que permite um ganho de função e alívio da dor de forma ativa e imediata quando corretamente indicada;

•A Mobilização Neural, técnica altamente eficaz em patologias que cursam com compressão ou retração do tecido neural periférico, como as ciatalgias e braquialgias, LER/DORT, Síndrome do Túnel do Carpo, fasceíte plantar e outras;

•A Estabilização Segmentar Terapêutica (ESTt termo que define condutas terapêuticas específicas que tem como objetivo utilizar o sistema muscular para estabilização segmentar. Tem aplicação em praticamente qualquer segmento do corpo, sendo igualmente benéfica em pacientes com queixa de dor recorrente. • A Osteopatia, que através de técnicas manuais tem como objetivo restabelecer a mobilidade perdida e dar equilíbrio ao sistema musculoesquelético, sacro-cranial e visceral, mantendo a elasticidade do tecido conjuntivo em todos os seus sistemas. De acordo com a visão da Osteopatia, qualquer mudança na mobilidade do aparelho locomotor no sentido da hipo ou hiper mobilidade conduz a um transtorno funcional que, por sua vez, pode dar lugar a um "quadro patológico":

•O Pilates terapêutico, que é um método utilizado na reabilitação de diversas patologias relacionadas à coluna e articulações, visando ao alívio da dor e melhora do quadro e também na prevenção de doenças relacionadas ao trabalho e ao processo de envelhecimento através de exercícios individualmente direcionados.

•A Ginástica Holística, que é um método de educação postural, fundamentado em três bases: pedagógico, preventivo e terapêutico

•Atualmente, diante dos resultados promissores em desportistas, mais um recurso fisioterápico vem se destacando no atendimento aos pacientes com queixas ortopédicas: a Bandagem funcional elástica terapêutica (ou kinesio tapping).

 

Dr. João Leite P. Júnior
Fisioterapeuta
CREFITO-13/44261-F


Você conhece o nosso Drive Virtual de Conteúdo? Clique aqui e conheça!

Comente:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comment

facebook