sexta-feira, 24 de junho de 2016

Objetivos e Benefícios da Terapia Manual


>






A Terapia Manual é um conjunto de técnicas que tem como objetivo avaliar e corrigir as alterações articulares e musculares do organismo que por um mau funcionamento se transformam em lesões gerando dores e alterações posturais

Nos últimos anos, os currículos das escolas de fisioterapia expandiram de forma intensa a exposição dos acadêmicos frente às técnicas de mobilização articular e da Terapia Manual. Consequentemente, os fisioterapeutas registraram-se em um número maior de cursos de extensão com o foco na mobilização articular.

Curso online de Técnicas Posturais

Curso online de Tratamento Miofascial

Na terapia manual, o fisioterapeuta utiliza suas mãos para aplicar pressão ou tração sobre uma determinada estrutura (fáscia, músculo, articulação etc.), com o intuito de mobilizá-la a fim de diminuir a dor causada pelo espasmo (ou tensão) muscular ou por uma disfunção articular.

Os Objetivos da Terapia Manipulativa são:

a) Identificar e corrigir disfunções de movimento nas articulações da coluna vertebral, membros superiores e membros inferiores.

b) Entender a relação entre as alterações do movimento normal com a má função dos componentes articulares, sistema nervoso e sistema circulatório.

c) Avaliar e corrigir desequilíbrios posturais e biomecânicos através de técnicas manipulativas, técnicas de mobilização dos tecidos e posturas de alongamento.

d) Aplicar os conceitos de fisioterapia manipulativa em todos os tipos de queixas de dores músculo-esqueléticas, reumatológicas, ortopédicas, traumatológicas.

As bases fisiológicas e biomecânicas são fundamentais para o entendimento da Terapia Manual e de seus efeitos sobre o conjunto da unidade neuromusculoesquelética em disfunção. Um estudo fisiológico e biomecânico detalhado, baseado em evidências cientificas, explica melhor sobre a dor, a inflamação e a restrição da mobilidade estabelecida.

Dentre os principais benefícios ofertados pelas diversas técnicas manuais, podemos citar que elas: reduzem ou eliminam as dores musculares/articulares; diminuem as tensões musculares; promovem a lubrificação intra-articular; aumentam a flexibilidade dos tecidos conectivos (músculos, cápsulas, ligamentos, tendões); previnem contra bloqueios intra-articulares, entre outros.

A Terapia Manual abrange uma larga escala de técnicas que são usadas para aliviar a dor e aumentar a mobilidade articular. Sua aplicação tem sido utilizada não somente para pacientes com desordens ortopédicas, mas também em determinadas circunstâncias que envolvem déficits do sistema nervoso central.

O diagnóstico biomecânico e funcional é primordial para a Terapia Manual, pois permite o melhor direcionamento na escolha dos recursos terapêuticos manuais a serem empregados durante o tratamento. Ele se baseia em uma boa anamnese, a qual deverá identificar: o tipo de dor e sua localização; se existe irradiação da dor para um ou outro nível motor; e, ainda, a correlação da dor com os diferentes elementos de um metâmero (miótomo, dermátomo, esclerótomo, angiótomo, enterótomo etc.).

Você conhece o nosso Drive Virtual de Conteúdo? Clique aqui e conheça!

Comente:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comment

facebook